Sandra Dias

Sandra Dias faz parte da quarta geração de uma longa linha familiar de tanoeiros. Com formação superior em Química Industrial pela Universidade de Aveiro e uma pós-graduação em Gestão de Empresas pela Universidade Católica do Porto, Sandra começou a trabalhar na J. Dias em 1998 propondo-se a ganhar experiência e conhecimento em todos os departamentos da empresa (administrativo, financeiro, controlo de gestão, vendas, logística e produção). A solidez da sua aprendizagem permitiu-lhe agarrar o cargo de Administradora Geral da J. Dias em 2006, com grande segurança e confiança no futuro.

sandradias@jdiascooperage.pt

António Rodrigues

António, Mestre Tanoeiro, é o mais antigo colaborador da J. Dias, tendo iniciado tarefas há 38 anos atrás. Era de facto um jovem rapaz quando deu os seus primeiros passos na arte da tanoaria aproveitando todo o conhecimento que lhe foi passado tanto pelo seu Pai, como pelo seu Avô (ambos ex-colaboradores da J. Dias). António é responsável por toda a secção de tratamento térmico de barricas e possui grande entendimento e experiência sobre o efeito de cada protocolo de queima nas diferentes madeiras de carvalho.

César Moutinho

César nasceu numa família de vitivinicultores, de longa tradição, no Douro Superior. Com formação superior em Engenharia Química pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto e experiência de vários anos em Gestão de Produção, foi recrutado em 2013 para a equipa da J. Dias. César é hoje Diretor de Produção na empresa.

cesarmoutinho@jdiascooperage.pt

Augusto Félix

Augusto iniciou a sua carreira na indústria da tanoaria antes dos seus 20 anos na empresa Manuel Alves da Rocha, em Paramos. Em 2004 foi recrutado para a J. Dias. As suas qualidades técnicas, experiência e concentração, fazem de Augusto um colaborador precioso para a empresa e muito respeitado pelos seus companheiros.

Fernando Gonçalves

Fernando Gonçalves é um dos nossos Mestres Tanoeiros. Recrutado para a J. Dias em 1980 aos seus 25 anos. Fernando aprendeu a arte da tanoaria desde jovem rapaz trabalhando em outra tanoaria local (uma das muitas extintas tanoarias nas áreas de Paramos/Esmoriz – núcleo geográfico da tanoaria em Portugal). Possui longa e reconhecida experiência e técnica na produção de balseiros e tonéis de grande volume.

Marco Moutinho

Marco Moutinho está ligado a nível familiar à produção vitivinícola no Douro Superior. Com formação superior em Marketing, começou a sua carreira profissional em estágio no departamento de Marketing da Sogevinus Fine Wines. Em 2005 juntou-se à equipa da J. Dias como assistente de Marketing. Marco é agora responsável por este departamento e em paralelo com estas funções tem, ao longo dos anos, partilhado a sua experiência e conhecimento em processos de maturação em madeira, com vários dos nossos clientes produtores de vinho, destilados e cerveja, espalhados por todo o mundo.

marcomoutinho@jdiascooperage.pt

Gisela Costa

Gisela Costa foi recrutada para a equipa da J. Dias em 2009. Possui formação em Secretariado e Técnicas Administrativas e experiência sólida nas suas funções. Gisela é hoje responsável pelo departamento Administrativo e de Logística. Com grande experiência em processos logísticos terrestres e marítimos, garante que todos os produtos que saem da J. Dias chegam ao seu destino rapidamente e em perfeitas condições.

giselacosta@jdiascooperage.pt

José Lourenço

José trabalhou na tanoaria Manuel Alves da Rocha, em Paramos, durante cerca de 5 anos. No entanto iniciou a sua carreira profissional numa indústria completamente oposta. José, foi de facto, assistente de Alfaiate durante mais de 20 anos. Muito provavelmente devido a esta experiência, José é altamente perfeccionista e sempre preocupado com o pormenor. Recrutado para a J. Dias, a presença de José é altamente apreciada por todos os colaboradores da empresa.

Aureliano Oliveira

Conhecido por “Tanoeiro da Valinha”, Aureliano nasceu numa família de tanoeiros independentes em Monção. Ajudando o seu Pai desde cedo, aprendeu gradualmente todos os passos da arte da tanoaria. Aureliano tomou mais tarde conta do negócio de seu Pai, mantendo todos os habituais clientes e ganhando novos entre as regiões de Monção e Valença (Portugal) e Ourense (Espanha). No ano de 2000, Aureliano foi recrutado para a equipa da J. Dias e é um dos nossos Mestres Tanoeiros. Detém grande conhecimento e experiência na seleção e processamento de madeiras.

Luis Gomes

Desenhando a sua experiência profissional inicial como operador de máquinas de corte numa outra empresa na zona de Esmoriz, onde trabalho durante 14 anos, Luis foi recrutado para a J. Dias em 2000. É responsável pela secção de “print” e identificação laser de todo o material e supervisiona todos os processos de carga/descarga de camiões ou contentores marítimos. Fruto da sua dinâmica, flexibilidade e lealdade, Luís é um colaborador muito apreciado na empresa.

Manuel Domingues

Manuel iniciou a sua experiência na J. Dias com pouco mais de 20 anos de idade, seguindo os passos de seu Pai, também tanoeiro na J. Dias. Manuel é um colaborador multi-funções com vasta experiência na produção de barris e como operador de máquinas e detém uma habilidade natural para a condução de empilhadores e outras máquinas de transporte de carga, valência muito importante para qualquer projeto relacionado com balseiros ou tonéis de grande volume, dentro ou fora da tanoaria.

Mickael Santos

Mickael Santos é Doutorado em Química pela Universidade de Aveiro. Nos últimos anos tem trabalhado na área da química do vinho (em Portugal e em França), nomeadamente na investigação sobre o efeito do envelhecimento e de tratamentos enológicos nas propriedades químicas e sensoriais do vinho.
Recrutado para a equipa da J. Dias em 2015, Mickael Santos é o técnico-comercial responsável pelos mercados Português e Espanhol.

mickaelsantos@jdiascooperage.pt

Fernando Domingues

Fernando Domingues é um dos nossos Mestres Tanoeiros. Recrutado para a J. Dias em 1980 aos seus 25 anos. Fernando aprendeu a arte da tanoaria desde jovem rapaz trabalhando em outra tanoaria local (uma das muitas extintas tanoarias nas áreas de Paramos/Esmoriz – núcleo geográfico da tanoaria em Portugal). Possui longa e reconhecida experiência e técnica na produção de balseiros e tonéis de grande volume.

Carlos Rocha

Carlos iniciou a sua experiência na J. Dias em Janeiro de 2014 e é a mais recente contratação da empresa, ao abrigo de uma estratégia interna de recrutamento e formação de novos tanoeiros. Com pouco mais de 20 anos, Carlos possui formação técnica em madeiras e carpintaria e estagiou numa das maiores corticeiras nacionais. Carlos é responsável pela área de teste de estanquicidade, operando esta máquina e garantindo que todas as barricas que saem da J. Dias são totalmente estanques.

Tiago Moreira

Ainda nos seus vinte e poucos anos, Tiago foi recrutado à experiência em 2012 para aprendiz de tanoeiro. Talentoso, Tiago soube aprender e criar o seu espaço na tanoaria. Tendo iniciado a sua carreira como madeireiro, selecionando e cortando carvalhos e castanheiros, entre Portugal e Espanha, Tiago detém um interessante conhecimento sobre madeiras.

José Pedro Cardoso

Em Janeiro de 2013, José Pedro foi recrutado para a J. Dias com ainda pouco mais de 30 anos de idade. Com formação técnica em viticultura e enologia, iniciou a sua carreira nas Caves Aliança como adegueiro, onde trabalhou durante 11 anos. Em 2003 tomou conta de todas as tarefas relacionadas com tanoaria e manutenção do parque de barricas e grandes volumes nessa adega após um estágio de técnicas modernas de tanoaria numa conhecida tanoaria Francesa. José é especializado em manutenção de todo o tipo de material.